MENU

COLUNISTAS


Geral

LÚCIO FLÁVIO




 
 

Sábado, 04/02/2017, às 06:00

UM NOVO ESPAÇO

Volto a ter o grande prazer de escrever uma coluna fixa no jornal após alguns anos. Como diretor de redação do Diário do Sul, pude escrever vários textos de opinião publicados esporadicamente, além de várias contribuições na coluna “Da Redação”, compartilhada com meus colegas jornalistas do DS. Agora, ao ocupar este espaço nos fins de semana, peço desde já, nesta apresentação, a compreensão dos leitores pela difícil tarefa que tenho pela frente, por ser uma página em que nosso leitor está habituado a ler as opiniões de Milton Alves de segunda a sexta. Conto com a contribuição de todos, através do e-mail flavio.ds@outlook.com.

Um estádio melhor
A semana marcou a reestreia do futebol tubaronense na elite do estadual. Precisamos apoiar o time, ir ao estádio e, quem puder, se associar ao clube. Particularmente, e sei que muita gente pensa o mesmo, preferia que os jogos fossem no estádio Aníbal Costa, mais central, mais bonito e com maior capacidade. Quem sabe as duas diretorias deixem as diferenças de lado e se acertem para o ano que vem. O Atlético Tubarão ganha com a renda maior, o Hercílio Luz, com o aluguel, e o torcedor ganha mais conforto. Não é melhor quando todos ganham?

Tem que andar mais
O Farol Shopping tomou uma medida que desagradou a muitas pessoas com quem conversei. Fechou as entradas (e saídas) pelas Casas Bahia e McDonald’s. Não dá mais pra cortar caminho por ali. É uma pena, pois muitos acham que, por ser extenso, o shopping deveria ter mais acessos, até pela praça de alimentação. O Beiramar Shopping, em Floripa, por exemplo, tem três acessos, um para cada rua com que faz limite.

Segurança
Acessos de mais ou de menos à parte, é preciso apenas que alguém tenha se preocupado para os casos de emergência, quando se precisa fazer uma evacuação rápida. Certamente isso foi levado em conta na hora de decidir por tal medida. Aquela tragédia na boate Kiss serviu, infelizmente, de lição que nunca devemos esquecer.

Falou tudo
Fecho esta primeira coluna com a lógica de William Randolph Hearst, magnata da imprensa americana que inspirou o filme “Cidadão Kane”: “Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade”.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL