MENU

COLUNISTAS


Política

MILTON ALVES




 
 

Quarta-feira, 26/09/2018, às 06:00

Dando o troco

Não é incomum recebermos pelas redes sociais, principalmente nos grupos de WhatsApp, vídeos feitos em celular por testemunhas de ocorrências que envolvem policiais, e na grande maioria das vezes buscando denegri-los. Até mesmo quando se conclui que o policial agiu corretamente, muitos se utilizam da publicação destes vídeos nas redes para tripudiar em cima dos profissionais da segurança. Agora, seria bom que as pessoas tomassem bastante cuidado, pois a mesma tecnologia que alguns usam para difamar vem servindo também para: proteger os policiais de possíveis injustiças, fazer com que eles ajam dentro da lei e, principalmente, servir de prova nos flagrantes de crime.

Câmeras acopladas
Com qualidade e captação de imagem ainda melhor do que a dos aparelhinhos de mão, as câmeras com gravação de áudio acopladas na farda, coletes ou até mesmo quepes dos policiais que trabalham com patrulhamento ostensivo vêm fazendo o maior sucesso nas operações da Polícia Militar de Santa Catarina. O que começou com os PMs das rondas urbanas passou a ser utilizado também pelos patrulheiros da Polícia Rodoviária Estadual. Ontem, recebi um vídeo de uma patrulha que operava um radar na rodovia SC-425, em Otacílio Costa, na região serrana.

Tentativa de suborno 
O vídeo não menciona a data da ocorrência. O nome do motorista infrator e dos dois patrulheiros, vamos resguardar. Cidadão com um carrão com placa de Navegantes foi parado após ser flagrado a 110km/h. De bermuda e sandálias de dedo (o que também é proibido), caiu na bobagem de abrir a carteira e, ao invés de apresentar os documentos, tirou uma nota de R$ 50 e entregou ao patrulheiro. Estava sendo tudo filmado. Acabou preso em flagrante por tentativa de suborno, e só o que sabia dizer era: “Pô, você estava filmando? Aí vocês me quebraram”. Meio como querendo condenar a correta, digna e honesta ação dos policiais.

A piadinha do dia 
Essa tomou conta das redes sociais ontem. Infelizmente, não sei quem escreveu, mas está perfeito. Prefiro ser revistado em cada esquina a ser assaltado em cada quarteirão. Prefiro o policial militar pedindo meus documentos ao bandido levando minha carteira. Prefiro a incerteza da mudança à continuidade da mesmice. Prefiro o braço forte dos honestos às mãos frouxas dos corruptos. E a melhor de todas: prefiro votar em alguém inexperiente e cair do cavalo a votar nos já conhecidos e me roubarem o cavalo.

Passeio na Serra do Corvo
Para os que têm veículo de qualquer modelo ou marca com tração 4x4, a pedida do final de semana é um passeio com a família saindo das Termas do Gravatal e subindo a Serra do Corvo Branco. A Expedição das “Águas Termais”, como vem sendo intitulada, está sendo organizada e vai ser escoltada pelos experientes integrantes do Jeep Clube Tubarão, que estão convidando proprietários de off road e outros tracionados de qualquer cidade da região Sul. Precisa da tração para poder subir o costão da Serra. Recepção e inscrições a partir das 18h desta sexta-feira, nas Termas do Gravatal, quando haverá um churrasco com música reunindo as famílias numa supernoite de confraternização. A rede hoteleira está à disposição, e muitos do grupo já vão pernoitar por lá mesmo.

Trilhas leves
No sábado, dia 29, por volta das 7h começa a mobilização, e às 8h a caravana parte para a Serra do Corvo Branco, passando por várias cidades e pontos turísticos, inclusive com parada para fotos na Serra e em outros pontos. Os organizadores alertam que o passeio será por trilhas leves, de pouca dificuldade, e por isso os veículos não precisam estar com equipamento especial. É bem um passeio família mesmo. A ideia é levar 80 veículos, sendo que ainda existem umas 15 vagas. Se você tiver um 4x4 e topar passear com a família, fazendo novos amigos, é só ligar para o Betinho: (48) 99976-4393, Denis (48) 99928-9799 ou Deivid (48) 98403-8252.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL