MENU

COLUNISTAS


Política

MILTON ALVES




 
 

Quarta-feira, 28/06/2017, às 06:00

Treinamento

Sucesso absoluto a primeira aula do ciclo de treinamento que a CDL iniciou ontem com comerciários das empresas associadas. Para facilitar a todos, o treinamento ocorreu nas primeiras horas da manhã, permitindo assim que os participantes pudessem estar no auditório da entidade e depois ir para suas empresas. Segundo o diretor-executivo da CDL, Felipe Nascimento, que acompanhou o treinamento, ele foi voltado especialmente para o atendimento, que foi uma das deficiências detectadas pela empresa que produziu um amplo trabalho de pesquisa para a entidade no ano passado. A próxima aula realizar-se-á mês que vem.

Temer atirando
Um dia após ser denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por corrupção passiva, o presidente Michel Temer partiu para o ataque. Argumentando que sob o foco jurídico sua preocupação é mínima, o peemedebista taxou a denúncia de infâmia de natureza política. Disse ainda que ao examinar os documentos percebeu, com o conhecimento de causa que tem, que reinventaram o Código Penal e incluíram nova categoria: a denúncia por ilação. Eu, hem. A briga promete ainda muitos outros capítulos.

Vacari absolvido
Enquanto boa parte dos analistas jurídicos do país alardeava que os condenados em primeira instância por Sérgio Moro tinham que se preocupar mesmo era com a sentença dos integrantes do Tribunal Regional Federal, ontem esse colegiado, cuja sede fica em Porto Alegre, absolveu João Vaccari Neto de uma pena de 15 anos de prisão por lavagem de dinheiro, associação criminosa e corrupção. Dois dos três juízes que compõem a corte, Leandro Paulsen e Victor Luiz dos Santos Laus, votaram pela absolvição. O relator, João Pedro Gebran Neto, pediu a condenação de Vaccari. Se isso servir como termômetro, vai faltar pizza neste país.

Luz nas ruas
Segundo o último relatório da Cosip, anunciado na tarde de ontem, mais de 1.120 lâmpadas já foram repostas pelas equipes que integram o mutirão de restauração do sistema de iluminação pública de Tubarão, prejudicado desde o vendaval de outubro do ano passado. As equipes trabalham diariamente das 14 às 22 horas e cumprem fielmente um cronograma previamente estabelecido pela municipalidade. Em alguns casos os eletricistas já estão aproveitando para promover pequenos reparos no próprio sistema, independentemente da necessidade ou não de repor as lâmpadas.

Entregando os anéis
Ao contrário do que muitos pensam, trabalhadores brasileiros podem ter a jornada de trabalho e o salário reduzidos, isso graças à Lei 13.456, que possibilita a empresas que estão com dificuldades financeiras aderirem ao Seguro-Emprego. Na prática, significa que os trabalhadores podem ter as horas de trabalho e o salário reduzidos em até 30%. Coisa que até o ano passado não podia acontecer. Por outro lado, os trabalhadores não podem ser demitidos nem substituídos e passam a ter direito a receber do governo o Seguro-Emprego.

Contrapartida
O benefício tem o valor de no máximo metade do que o trabalhador deixou de receber pela empresa, sendo limitado a R$ 1.068. As empresas que estão com dificuldades financeiras têm até o dia 31 de dezembro para aderir a esse programa, mas para isso é necessário fazer um acordo coletivo antes. Cada empresa pode ficar no máximo dois anos nesse programa. Desde o início do ano, quatro empresas aderiram ao programa Seguro-Emprego e outras 13 fizeram o pedido de adesão ao programa. 

Paralisação
Esta sexta-feira, dia 30 de junho, deve ser marcada por mais uma paralisação nacional de trabalhadores. Sindicatos e classes de diferentes setores vão cruzar os braços e ir às ruas como fizeram no último dia 24 de maio, contra a reforma trabalhista e da Previdência Social. De acordo com a Confederação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, Contraf, agências bancárias de vários pontos do país não vão funcionar na sexta. Honestamente, não sei qual a posição dos bancários da nossa região. Em alguns Estados os professores de escolas públicas sinalizaram que também irão parar.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL