MENU

COLUNISTAS


Política

MILTON ALVES




 
 

Quinta-feira, 18/07/2019, às 06:00

Os pré-candidatos

O atual prefeito Joares Ponticelli, ao natural, pelo Progressistas. Olavio Falchetti, até porque não pode trair sua própria natureza, pelo PT. Jó Kruger, apesar de “bolsonarista” assumido - mas sem espaço no horizonte pesselista - por um partido de centro/direita que ainda nem sabe dizer qual seria (afirma ter sido convidado por dois). O médico cardiologista Cristiano Ferreira – justificando sua permanência na cidade, apesar de todos os reveses que sofreu na questão do HNSC - dizem, pelo MDB, e, pelo andar da carruagem: o empresário Luciano Menezes, recém-filiado ao PSL, pelo partido do presidente da República e do governador do Estado.

Protagonistas ou coadjuvantes
Ainda falta definir se o PSD, de Caio Tokarski, continua com Joares (eu acredito que sim), e se o PSDB vai tirar algum coelho da cartola para ser protagonista ou coadjuvante. Enfim, que comecem as apostas. Nomes parece não ser o que vá faltar para a disputa da prefeitura de Tubarão em 2020. Confesso que, em minha autoconsciência, não vislumbro que essa já seja a hora de começar a se falar disso, mas como o “tempo” em política nem sempre é o que norteia os resultados (a própria vitória de Joares em 2016 é a maior prova dessa verdade) também não vejo porque não se possa começar a especular. Alguém mais se habilita?

Contas ativas 
Mesmo em território estrangeiro (ele encontra-se na Argentina participando da 54ª Cúpula do Mercosul), o ministro da Economia Paulo Guedes alimenta as redações brasileiras com informações positivas visando, óbvio, reaquecer as esperanças por dias melhores em nossa economia. Ao afirmar que o governo anunciará nos próximos dias as regras para a liberação do dinheiro das contas ativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), ele atraiu a atenção de vários analistas do setor, que enxergam a iniciativa como positiva para dar um fôlego ao mercado de consumo.

Já que não rende quase nada 
Não se poderá sacar tudo, é verdade, mas para um dinheiro que fica parado com rendimento quase ínfimo, melhor que venha mesmo para as mãos da população. Ao falar sobre o assunto, o ministro antecipou que o saque poderá ser de até 35% do valor depositado pelo empregador atual, com o percentual estando atrelado à renda do trabalhador. Atualmente, o dinheiro das contas ativas tem uso limitado, sendo o principal destino o financiamento da casa própria. A expectativa é que a medida libere R$ 42 bilhões para as contas ativas. Além disso, devem ser liberados outros R$ 21 bilhões dos recursos do PIS/Pasep. A princípio, os recursos do FGTS vão poder ser sacados no mês de aniversário dos que tiverem o benefício disponível. Já que eu troco velinhas em agosto, agradeço.

Perda de tempo
Muitos já não têm mais dúvidas de que essas denúncias mequetrefes do site The Intercept não passam de verdadeiros “balões de ensaio”, com um único objetivo: desmoralizar a Lava Jato e facilitar a vida de corruptos. Mesmo assim, elas incomodam, pois além de alimentar os opositores do atual governo com panfletagem fake news, ainda fazem as instituições gastarem um tempo precioso que poderia ser usado para outras coisas, como novas ações contra o crime, por exemplo. Prova disso é que ontem a PGR teve que se manifestar junto ao Superior Tribunal de Justiça.

Ilicitudes 
Na ocasião, o subprocurador-geral da República Nívio de Freitas rebateu um pedido da defesa do ex-presidente, já condenado e preso por corrupção, Luiz Inácio Lula da Silva, para anular a condenação do triplex sob alegação de parcialidade de Sérgio Moro, com base nas supostas mensagens roubadas à Lava Jato por um hacker. Afirmou que, além de ilegais, nenhuma das mensagens demonstra concreto prejuízo ao réu. “Mostra-se inviável a consideração dos supostos fatos aventados pelo peticionante no sentido de que o juízo criminal natural não se manteve imparcial, tendo em vista a ausência de prova efetiva”, escreveu na manifestação o subprocurador. Deu né, PT?




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL