MENU

COLUNISTAS


Política

MILTON ALVES




 
 

Quinta-feira, 23/05/2019, às 06:00

E Imbituba ficou mais triste

A minha querida cidade portuária, na qual vivi parte da vida como veranista de Itapirubá, e atuei profissionalmente em inesquecível passagem pela Rádio Difusora Bandeirantes, perdeu na tarde de ontem um dos seus personagens marcantes. Não só pela história de vida, mas também pela forma de ser e interagir com os demais membros da sociedade. Atacado dois meses atrás por um câncer no fígado (seu pai também foi vitimado por essa doença), Liris Laudelino de Sena Filho, o “Filhinho do Posto”, nos deixou prematuramente aos 59 anos.

O posto e a loteria
Filhinho, que ao lado da mãe Olga e dos irmãos, herdou do pai nos anos 70 um posto de combustíveis no distrito da Vila Nova, o primeiro daquela comunidade, acabou se transformando num dos jovens ícones da geração dourada de Imbituba do fim dos anos 70 e década de 80, após ficar “milionário” ao dividir com outros dois ganhadores, em fevereiro de 1978, com apenas 19 anos, um prêmio maior da Loteria Esportiva (a febre de então), que colocou 16 milhões e 700 mil cruzeiros (moeda da época) em seus bolsos e mexeu com sua vida.

A paixão por velocidade 
Apaixonado por carrões e motos potentes, e generoso - acima de tudo -, presenteou cada uma das duas irmãs com automóveis Maverick, um irmão (então menor de idade) com uma moto pequena e se presenteou com um moderno Miúra, uma potente 500 cilindradas, além de uma lancha de 21 pés. Solidificou sua condição de empresário no ramo de combustíveis construindo mais um posto, adquiriu imóveis, investiu em transportes e edificou para a mãe e irmãos uma casa com características de mansão às margens da lagoa Mirim. Sempre procurou colaborar com o esporte da cidade. 

A Copa da Argentina
  Ainda jovem conheceu o Brasil, viajou pelo mundo, foi à Copa da Argentina naquele ano de 78, fez alguns outros investimentos e deixou a vida seguir. Aproveitou o que pode e da melhor forma possível. Constituiu família, criou os filhos e, apesar dos altos e baixos que castigou a economia brasileira e, por consequência, os empresários nas décadas subsequentes, nunca se afastou de coisas que sempre prezou: a roda de amigos e um permanente sorriso no rosto. Ano passado, recebeu da Câmara de Vereadores de Imbituba, por indicação de Robertinho Rodrigues (PSD), a medalha de honra ao mérito municipal. Nos deixou um típico “boa gente”, um “sujeito do sangue bom”. Vai deixar saudades.

Frente Parlamentar em Criciúma
Tendo como anfitrião o deputado Daniel Freitas (PSL), a Frente Parlamentar Catarinense no Congresso Nacional promove encontro amanhã, na sede da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), com as presenças do governador Carlos Moisés e do ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque. Também estará presente o deputado delegado Waldir, líder do partido de Daniel, na Câmara dos Deputados. Como na ocasião serão tratadas pautas prioritárias das três microrregiões: Amrec, Amurel e Amesc, diversas autoridades representativas dos municípios que integram o Grande Sul deverão se fazer presentes. Aproveitando sua vinda à Criciúma, o ministro fará visita à Satc e à mina modelo.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL