MENU

COLUNISTAS


Política

MILTON ALVES




 
 

Sexta-feira, 20/10/2017, às 06:00

Atendendo

Segundo o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Daisson Trevisol, ontem mesmo os profissionais de enfermagem da municipalidade tubaronense voltaram a desenvolver todas as atividades às quais haviam sido impedidos pela liminar concedida pela Justiça Federal de Brasília, atendendo a um pleito do Conselho Federal de Medicina. Com a derrubada da liminar por parte do TRF da 1ª Região, tudo volta a ser como era antes. Segundo Daisson, o único contratempo ficou por conta da programação que havia sido estabelecida para o Outubro Rosa, que ficou agora para o próximo final de semana. Os exames que não foram feitos nos últimos dias serão realizados durante a semana, sem maiores atrasos, conforme explicou o secretário. 

Os urubus de plantão
Tem gente que decididamente destila maldade. Tão logo os sites noticiaram na tarde de ontem a entrega da ordem de serviço para a construção da passarela defronte a Unisul, por parte da Delt Engenharia, a meia dúzia de “lavadeiras do Facebook” saiu da toca para desencadear uma série de ofensas à administração municipal, com afirmações descabidas de “superfaturamento”, “armação”, “roubo” e outras ofensas mais. Gente que é contra tudo e contra todos, e que confunde liberdade de expressão com leviandade de falsas acusações.   

Valores reais  
O projeto foi desenvolvido por arquitetos e engenheiros da Amurel, respeitando rigidamente todas as tabelas que norteiam os valores das obras públicas e, por ter dinheiro federal envolvido, tem até mesmo o acompanhamento do Tribunal de Contas da União. O processo de licitação da obra teve vistoria de órgãos fiscalizadores e nenhuma contestação por parte de empresas que o retiraram, mas resolveram não se candidatar, vencendo a Delt, que tem larga experiência na construção de pontes e passarelas.

Buscando processos 
Criticar os gestores por terem optado por uma passarela ao invés de uma ponte rodoviária, ou mesmo porque eventualmente não gostaram do projeto arquitetônico que foi apresentado, é um direito de todos. É o livre exercício da democracia. Todavia, levantar falsas suspeitas e escrachar uma administração que não mediu esforços para liberar uma obra que vai beneficiar pedestres, ciclistas e cadeirantes é de uma bestialidade a toda prova. É coisa de gente que não merece ser chamada de cidadã. Depois, quando o prefeito decide processá-los por calúnia e difamação, saem com o argumento de que ele é autoritário e antidemocrático.

Barateando a beleza
Não sei se isso acontece aqui em nossa região, mas em grandes centros a crise está tirando as brasileiras e os brasileiros do salão de beleza. Foi o que mostrou uma pesquisa feita pela agência de informação estratégica Quorum Brasil. Segundo o estudo, 71% das mulheres e 46% dos homens deixaram o salão e passaram a fazer unha, sobrancelha e até pintar o cabelo em casa. E a maioria dos que começaram a economizar com essa área disseram que não querem voltar a gastar mais. Pelo menos por enquanto.

Economizando mesmo
Segundo Cláudio Silveira, presidente da Quorum Brasil, os brasileiros não deixaram de se cuidar. Estão, segundo ele, buscando mesmo fazer economia para contrabalançar com outras despesas nesses momentos de instabilidade. Por isso, não pensam em voltar aos salões, não enquanto não estiverem seguros de que a coisa vai mesmo melhorar. Outro dado interessante da pesquisa é sobre a importância de cuidar da estética e da aparência. Apesar de mais de 90% dos entrevistados masculinos considerarem que quem cuida da aparência tem mais chances de conseguir um emprego e se dar melhor nos relacionamentos, entre os homens, dois em cada três alegaram não se cuidar. Para Cláudio, a estética masculina ainda é tabu no Brasil. A pesquisa foi feita nas cidades de Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba e São Paulo.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL