MENU

COLUNISTAS


Esporte

EDUARDO VENTURA




 
 

Quarta-feira, 28/06/2017, às 06:00

Parceria com o Leão Baio

Pelo visto a diretoria do Hercílio Luz FC não está para brincadeira para a disputa da Série B. Um acordo intermediado por Nazareno Silva vai possibilitar a vinda de cinco jogadores do Internacional de Lages para a Toca do Leão. O Leão Baio irá ceder Mateus Arence, Luizinho, Fabian Volpi, Alecssandro e Luiz Menezes para a disputa da competição. O quinteto disputou o Campeonato Catarinense da Série A e recentemente o Brasileiro da Série D. A previsão é de que os atletas se apresentem nesta quarta-feira, e já tenham condições de jogo para a estreia, no próximo sábado, em Joinville.

O APOIO DO TORCEDOR
O placar de 3 a 2 para o Joinville não diz o que foi a partida. Claro que Tubarão teve chance de empatar no tiro livre desperdiçado por Dudu Alano, ou, faltando três segundos, um pênalti não marcado. O que eu vi é que o time não se entregou em nenhum momento, mas não podemos deixar de dar os méritos para o goleiro Willian, do Joinville. O cara pegou tudo. O foco passa a ser a LNF. O Tubarão precisa vencer. Os jogadores sabem disso e a comissão técnica também, mas o torcedor precisa continuar apoiando, indo aos jogos, torcendo, pegando no pé da arbitragem... Vaiar ou criticar o elenco ou a campanha pouco ajuda. Os ingressos estão sendo vendidos a R$ 5 na loja Ativa Esportes, do Centro e do Farol Shopping, e na parte da tarde na secretaria da ADFT. Uma vitória é fundamental para enfrentar com mais tranquilidade a sequência de jogos que o Tubarão terá na LNF e no estadual no mês de julho.

RECLAMAÇÕES COM O OUVIDOR
A Ouvidoria da Arbitragem é outra importante iniciativa do novo Departamento de Arbitragem da FCF. O órgão será o canal exclusivo e oficial da Federação Catarinense de Futebol com os clubes filiados para apurar possíveis erros e receber denúncias, reclamações e também elogios relacionados ao desempenho das equipes de arbitragem em todas as competições organizadas pela entidade. A partir de agora, técnicos, supervisores, diretores de futebol, jogadores e até presidentes de clubes não precisarão mais soltar o verbo nas coletivas de imprensa, muito menos na saída de campo, no pós-jogo. As reclamações deverão ser enviadas pelo e-mail ouvidoria.arbitragem@fcf.com.br. As mensagens deverão ser encaminhadas no prazo de 48 horas após o término da partida, juntamente com material audiovisual para análise do ouvidor. A função será desenvolvida pelo ex-árbitro Cantucho João Setubal.

CADA PARTIDA, UMA POLÊMICA 
Que coisa medonha a arbitragem da partida Tubarão 2 vs. 3 Joinville na última segunda-feira na Arena! A dupla Everaldo Ricardo da Silva e Robson Candido Alves conseguiu aplicar dez cartões amarelos e dois vermelhos, inverter faltas, dar falta que não aconteceu e, no fim da partida, não marcar um pênalti para o Tubarão que foi escandaloso. Parece que eles estão vindo trabalhar em Tubarão contra a vontade, e olha que a arbitragem custa R$ 980 por partida, sendo R$ 280 para cada árbitro, R$ 240 para o representante e R$ 160 para o anotador. Todo jogo em Tubarão, ora pela LNF ou pelo estadual, está tendo problemas, mas na última segunda-feira foi demais. Ambos os clubes reclamaram da arbitragem. Tá na hora do seu João chamar alguns na sua salinha para aquela tradicional conversa, ou mudar um pouco quem vem apitar aqui no Sul.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL