MENU

COLUNISTAS


Etiqueta

ESTELA MAURA




 
 

Segunda-feira, 16/10/2017, às 06:00

Dicas para batizados de crianças

É comum receber um convite para o batizado de alguma criança da família, que pertença ao nosso círculo de amizades, em especial quando da religião católica.

Estas celebrações costumam acontecer mais no período da manhã ou da tarde. Os pais que desejam comemorar esta data devem optar por algo compatível com o horário. Quando a cerimônia acontece logo de manhã, com término por volta das 10h, o mais indicado é oferecer um brunch. Após o meio-dia, um almoço seria o mais apropriado, enquanto que um batizado à tarde pede um lanche especial. Normalmente são reuniões propostas para um número restrito de pessoas. O convite para amigos e parentes pode ser feito por telefone ou por outro meio de comunicação, mas se a família preferir, existe a possibilidade do tradicional convite impresso, entregue pessoalmente ou pelo correio.

Batizar um filho pequeno, para quem tem consciência, é um momento marcante e pede algumas providências para que tudo corra bem. Não é um ato puramente social, como alguns imaginam. O foco principal é a cerimônia religiosa, a qual dá início à vida cristã por ser a porta de entrada para os demais sacramentos.

O esperado é que os pais escolham pessoas queridas e de seu convívio para serem padrinhos da criança, mas é fundamental que se informem com o sacerdote sobre todas as diretrizes antes de efetuarem o convite, evitando algum tipo de gafe. Inclusive, é necessário que o casal escolhido tenha possibilidade de frequentar uma preparação religiosa básica para, então, assumirem a condição de padrinhos.

Em relação à roupa, a da criança costuma ser branca, mas é essencial que seja confortável e prática, para que o batizando não sofra desconfortos com roupinhas quentes, de difícil manuseio, com adornos exagerados. Mãe e madrinha devem escolher suas vestes sem enfeites pontiagudos que possam vir a machucar o bebê enquanto o carregam no colo. O traje dos convidados deve ser discreto e adequado para a ocasião. No caso das mulheres, é importante lembrar que em local sagrado não se usam decotes ousados, transparências, fendas e minissaias exageradas.

Cabe aos pais intuírem sobre possíveis atrasos e imprevistos no dia. Quando se trata de bebês, é importante lembrar que eles têm seu próprio relógio biológico e não estão acostumados com muita demora. Portanto, é prudente carregar uma bolsa com produtos de higiene, roupas sobressalentes, mamadeiras com água, chá ou leite. É bom ter acesso a tudo que possa acalmar, dar conforto e segurança à criança, evitando grandes crises de choro.

Quanto às fotografias, é preciso um certo cuidado com as invasões feitas por vários celulares de familiares ao mesmo tempo durante o batismo. Algumas interferências não devem acontecer, pois tiram a atenção da ocasião em si. Mesmo com contratação de profissionais, o mais sensato é escolher um local estratégico para fotografar, manter uma certa distância e respeitar o momento. Durante a festa, certamente, haverá um clima mais descontraído para comemorar, e a criança poderá ser paparicada e fotografada à vontade!




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL