MENU

COLUNISTAS


Geral

IVANA ANSELMO SOUZA




 
 

Terça-feira, 25/04/2017, às 06:00

Quatro erros comuns dos recrutadores

Há poucos dias ministrei um curso para candidatos a emprego. Durante este evento, surgiram vários assuntos, e alguns candidatos fizeram perguntas e colocações sobre a postura correta de um recrutador. Nestes relatos consegui perceber alguns erros cometidos pelos profissionais de recrutamento e seleção da nossa região, erros que, se evitados, contribuem para a credibilidade da empresa e do profissional.

Entrevista de emprego é sempre um momento delicado para o candidato, que tem expectativas e busca recolocar-se no mercado de trabalho. Por outro lado, não são apenas os candidatos que cometem gafes durante a seleção. Relacionei aqui os quatro principais erros dos recrutadores. Atente-se para não cometê-los:

1) Não estar bem preparado. Fazer perguntas cujas respostas já estejam claras no currículo, o que poderá desanimar o candidato e demonstrar falta de organização. É importante fazer a leitura prévia do currículo e saber bem sobre a empresa e a vaga.

2) Deixar o candidato esperando horas para ser entrevistado ou não informar ao candidato quanto tempo irá ter que esperar. Ou seja, agenda a entrevista para 14h e o candidato é entrevistado às 15h, precisa fazer testes e acaba saindo da empresa às 17h. Se o candidato precisar ficar na empresa a tarde toda, por exemplo, para participar de todas as etapas da seleção, deve ser informado disso previamente.

3) Não deixar claro qual a vaga e as principais responsabilidades do cargo. O processo seletivo serve para a empresa escolher o candidato, mas o candidato também precisa escolher a empresa e a vaga. Ele precisa saber os detalhes e avaliar se realmente quer participar do processo. Sendo assim, antes de começar a bateria de perguntas o recrutador deve explicar qual é a vaga e checar o interesse.

4) E por último o campeão: não dar retorno ao candidato após a entrevista. O recrutador fala que vai ligar para informar o resultado da seleção e não liga. Alguns candidatos ligam para saber e o recrutador sequer atende à ligação. Esse é o erro mais odiado – os participantes da seleção se sentem enganados e desrespeitados. Por isso é importante que o recrutador posicione o candidato, mesmo quando o retorno é negativo.

Se você é um recrutador, evite cometer os erros citados acima. Dessa forma, o processo seletivo em sua empresa será cada vez mais eficaz e contribuirá para a atração e retenção de talentos. Não esqueça: não são apenas os candidatos que devem se preocupar com a entrevista de emprego. Quem conduz a conversa e seleciona os profissionais também deve ter uma postura adequada. Os candidatos de hoje podem ser os empregadores de amanhã.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL